Blog Parceiro:Minha Melhor Versão

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Quais são os seus motivos para não sonhar?


Quais são os seus motivos para não sonhar?
Por que nos limitamos ao básico, ao trivial? Arroz com feijão é bom, mas, às vezes, um sanduba de almoço ajuda a encarar a vida com mais ânimo.
Vamos imaginar que você ganhou um prêmio da vida ... ganhou o direito de realizar um sonho ...o que você diria para a vida? Você tem esse sonho? Ou teria que parar para pensar? Você teria coragem de dizer qual é este sonho? Teria coragem de vivê-lo? Por que deixamos de sonhar? Por que não acreditamos em nossos sonhos?

Todos falam em viver seus sonhos, correr atrás dos sonhos, mas por que para a grande maioria isso parece impossível. Eu, por exemplo, já tive diversos sonhos dos quais hoje nem me lembro, pelo menos não de todos, a grande maioria se perdeu quando cresci ...fui trabalhar  e estudar …. estudar para realizar um sonho e ele se perdeu pelo caminho (estranho né) e na verdade isso aconteceu sem que eu percebesse, como se fosse natural deixar de sonhar, mas principalmente de tentar realizá-los (ao menos tentar).
E quando paro pra pensar o que aconteceu...Bem, comigo foi que deixei de crer em mim, deixei de acreditar que merecia este ou aquele sonho mesmo os menores, os mais fáceis, nenhum sonho cabia na minha agenda, não dava ... melhor deixar para amanhã...para depois… quando der...nunca mais... Cai na rotina e me esqueci de viver. Eu estava sobrevivendo. Veio também, algumas decepções, fracassos e deixei tudo isso ser maior que os sonhos.
Um dos sonhos que coloquei de lado, até esquecer foi o de escrever. Até arrisquei uma vez, mas como “Não tinha tempo” e nem dinheiro, ele foi esquecido.  Hoje percebo que tive medo. Medo da rejeição, medo de não dar certo, medo de tentar, medo de... enfim, medo de tudo. Era mais fácil me esconder atrás do tempo... da falta dele.
O tempo. É ele o seu inimigo? Creio que não. Talvez a rotina, falta de fé, falta de coragem, falta de sonhos…
Cada um tem uma desculpa, isso mesmo d-e-s-c-u-l-p-a...porque não há nada que nos impeça de nada, a não ser nós mesmos.
Mas a questão financeira não pesa? Sim, falta de dinheiro pode ser um bom oponente…. mas não uma barreira. Realize primeiro os sonhos que não precisa de dinheiro (eu estou escrevendo num blog gratuito) depois que sentir o gosto do sonho realizado, creio que dinheiro vai ser um oponente que precisa ser desafiado e vencido, mas não uma barreira intransponível.
Vai ser fácil? Sinceramente não sei, para mim não foi, não é, mas depois que rompi essa barreira ou melhor venci meu oponente uma primeira vez...Ah! amigo,  ninguém me segura...escrever já estou escrevendo...os outros, os esquecidos, estou tratando de correr atrás, até dos que ainda nem sonhei. E quando chegar lá, daí eu conto. A única certeza que tenho é que vale a pena. É uma sensação incrível que só nós, os sonhadores (e realizadores ou talvez desafiadores) podemos descrever, na verdade não podemos descrever, só sentir. É a plenitude. É a total falta de palavras.
O medo ele ainda existe, por vezes eu o sinto me rondando, mas agora ele já não me assusta tanto, resolvi que ele faz parte de todo o processo e aprendi a conviver com ele. A não me envolver com ele, estou me relacionando com o novo com o desconhecido, e o medo não gosta disso , acho que ele tem medo (rs). Enfim, ele só espreita e nada mais.
Meus sonhos hoje são maiores do que meus medos...eu sou maior!
E você tem sonhado ultimamente? Me conta aí.


Um comentário:

  1. Realmente.. Quando cresci parei de sonhar grande. Hoje em dia, não digo que sejam sonhos, mas sim desejos.
    Bem que poderia voltar no tempo, só para ter aquela empolgação de criança quando sonha com alguma coisa.

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo