Blog Parceiro:Minha Melhor Versão

sábado, 24 de dezembro de 2016

Ano Novo, bom ou ruim?


Tenho ouvido de muitas pessoas que estão apreensivas quanto ao ano que está para se iniciar. Ouvi de diversas pessoas que o ano de 2016 não foi nada bom e que não dá para esperar muito de 2017.
O que se pode dizer sobre isso? Eu diria que para essas pessoas o ano novo, que está para nascer, com certeza, será muito ruim, nada bom mesmo!
Tudo que iniciamos na vida com a certeza do seu triste fim, não pode ter outro final. Se determinamos que vai ser ruim, assim será. Exatamente e simplesmente assim.
Você determina como será seu ano, seus projetos, sua vida. Isso cabe a você. Lógico, que os problemas surgirão no seu caminho. Vários obstáculos também, se você tiver sorte. Sim, sorte.
Perai! Quer dizer que um problema ou um obstáculo, podem ser bons?! Podem ser sorte? Quando? Sim, se você souber lhe dar com ele e encará-lo como desafio e decidir superá-lo e principalmente, determinar que ele seja aprendizado e não barreira, para seus propósitos. Então sim esse problema pode ser bom, lá no final. Note que eu não disse agradável, fácil ou o mais esperado de 2017, mas ele pode te ensinar sim e muito e é por isso que no final pode ser bom.
A vida tem várias formas de ensinar, e para aprender com ela, em determinados momentos, devemos mudar nossos padrões mentais. Não devemos crer que precisamos passar pelo ruim para merecer o bom. Nós merecemos o bom e ponto final.
O ruim quando surge é por que precisamos de um alerta, para acordar para alguma situação, e é por isso que no fim ele se torna ensinamento. De acordo com sua percepção e condução deste problema.
Sendo assim, acredite que esse ano será bom, busque driblar o que for ruim, mas jamais inicie um projeto, um ano ou uma vida imaginando o que pode dar errado, ou o que será ruim.
Programe-se para o bom, viva o melhor e aprenda com o pior.
E, claro, feliz ano novo para todos nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo